8 de abr de 2011

Quer correr? Faça diferente!

Há quem prefira correre admirar paisagem
Você que gosta de aproveitar seu tempo livre para se exercitar e prefere a corrida ao ar livre como modalidade preferida para cuidar da saúde, trago na psotagem de hoje uma sugestão que pode lhe auxiliar para alcaçar seus objetivs em menos tempo e com mais qualidade, melhrando o desempenho nos treinos, fugindo um pouco da rotina para alcançar um corpo visivelmente bonito e saudável.

Muitas das pessoas que optam pela corrida de rua o fazem por não gostar do ambiente nem das modalidades oferecidas pelas academias de ginástica e musculação. Porém, ainda são poucas as que procuram um acompanhamento especializado para seus treinos. Além do risco de lesão a que ficam expostas, o "corredor amador" com o passar do tempo vê-se refém da rotina do treino. Por falta de conhecimento de treinamento esportivo, ficam quase sempre presas a um só tipo de treino com poucas variações. E, quando optam por acompanhar as dicas de revistas e sites, notam que não é tão fáacil quanto parece, especialmente em se tratando de iniciantes.

Para fugir dessa rotina, a dica que tenho é simples, porém, pode ser um tanto penosa de início. De preferência, para começar a aplicá-la é importante que já esteja habituado a correr por algumas semanas. A idéia não é nenhuma novidade: Trata-se apenas de alternar a corrida com exercícios de força e resistência muscular. Dentro do possível, vou dizer como fazer isso, mas para adequar a intensidade do treino a suas condições e objetivos é muito importante uma consulta mais particular.

Barras, bancos e traves: inúmeras possibilidades
Em muitas praças, parques e calçadões de praias e comum encontrarmos estruturas de concreto e ferro, como barras e traves, bancos e pranchas para abdominais, etc. Nelas é possível fazer uma infinidade de exercícios para trabalhar praticamente todos os grupos musculares. Intercalar a corrida com estes exercícios pode propiciar ganhos significativos de força, potência e resistência nas pernas, braços e abdome, melhorar a condição cardiovascular, além de um importante aumento no gasto energético (essencial para quem está acima do peso ideal). Tudo isso vai ajudar muito a melhorar seus tempos de corrida também.

É possível fazer isso de várias formas: Intercalando por tempo (por exemplo: 5 minutos correndo - 3 séries de barra fixa; 5 minutos correndo - 1 minuto de abdominais; 5 minutos correndo - 2 séries de barra parelela); ou seguindo um percurso no calçadão (correndo até um posto de exercícios, fazer uma série em circuito e voltar a correr até o próximo posto); por voltas em pista olímpica; etc, da forma que o professor achar conveniente e ideal para o aluno, de modo a tornar o treino motivante e igualmente proveitoso para o aluno.


Abdominais: faça um pit stop

Até que o corpo se adapte à nova rotina de treinos não se desespere se aparecerem dores musculares, desconforto e cansaço além do que estava acostumado, isso tende a desaparecer com alguns treinos e logo vai sentir-se confortável e o treino fica mais prazeroso.Mais pra frente é hora de alterar novamente!!!

Em outras postagens colocarei fotos dos muitos exercícios que podemos fazer nessas praças, parques e calçadões.

Ressalto mais uma vez a importância de uma conversa com um personal trainer para organizar e acompanhar com qualidade os seus treinos. Quebre a rotina!

Um comentário:

  1. Gostei mt das dicas!! Moro perto da praia e estava querendo idéias, essa de fazer circuito de um posto de exercício ao outro é ótima! Obrigada.

    ResponderExcluir

Olá... Obrigado por comentar em meu blog... se desejar, deixe seu e-mail para contato! Continue acompanhando o trabalho!