2 de fev de 2013

Abdominais e dor no pescoço

   Os exercícios abdominais fazem parte da rotina de treinos de praticamente todas as pessoas adeptas ao exercício físico. Mesmo as pessoas que eventualmente se arriscam a uma caminhada ou corridinha ao ar livre, muitas vezes complementam essa atividade com algumas séries de abdominais. Há ainda aqueles que se utilizam desse exercício como a "fórmula mágica" para o emagrecimento, ainda baseando-se no velho mito de que os abdominais “queimam” as gordurinhas extra.
   A musculatura abdominal é sim uma das mais importantes de todo o corpo e deve ser muito bem trabalhada, uma vez que forma (juntamente com a cadeia de músculos que envolvem a coluna) o eixo de sustentação dos órgãos internos, além de ser acionada em praticamente todos os movimentos do corpo.
   Porém não raro ouve-se reclamações incômodos e dores no pescoço após um treino de abdominais. Incômodos tão freqüentes que fazem algumas pessoas abolirem estes exercícios de sua rotina. É importante saber que essas dores normalmente apontam para alguns erros frequentemente cometidos, vejamos:

  1. Excesso de repetições: Como todo músculo, o abdome também fadiga, e é comum que, ao cansar, o indivíduo tente compensar forçando o pescoço para poder elevar o tronco. Não é necessário fazer centenas de repetições para este músculo.
  2. Excesso de carga: Embora pouco freqüente, há quem exagere na carga, especialmente quando o abdominal é realizado em algum aparelho. Ocorre basicamente o mesmo que no exercício anterior, em alguns casos causando lesões musculares no abdome e pescoço.
  3. Velocidade: Se não está em nenhuma competição, ou teste físico, não há por que fazer tão rápido. Controle a velocidade, especialmente na descida do movimento.
    As pernas elevadas ajudam a apoiar melhor a coluna no solo
  4. Má postura: Vícios de postura, inexperiência, vídeos de internet sem procedência, esses e outros fatores fazem algumas pessoas inventaram movimentos, ou simplesmente realizarem movimentos de maneira inadequada.
  5. Intervalos curtos/pouco repouso (ou nenhum): Overdose de abdominais também podem trazer incômodos. Todos os músculos pedem um tempo de descanso, precisam recuperar-se para render 100% novamente num próximo treino. Músculos cansados têm maior risco de serem lesionados, ou interferirem na correta execução dos movimentos, podendo lesionar outros músculos.

Exercícios de isometria trabalham bem o abdome
e não prejudicam o pescoço
Para proteger seu pescoço num abdominal, fique atento a sua respiração e concentre o movimento todo na barriga. Ainda que não consiga contrair o suficiente para elevar o tronco, não force o pescoço para subir. Esteja concentrado, o exercício não é para o pescoço. Poucas repetições e uma velocidade reduzida ajudam a concentrar o movimento e produzir uma força maior pelo abdome. Se treina com carga, utilize-a de forma adequada para a quantidade de repetições que pretende realizar, do contrário reduza.

6 comentários:

  1. Obrigado pelas dicas, tentarei aplica-las no meu próximo treino!

    ResponderExcluir
  2. Como melhorar as dores? Meu pescoço, na frente, está muito dolorido. Gostaria de saber o que é ideal para melhorar a dor.

    ResponderExcluir
  3. Cometi esses erros e agora gostaria de saber como aliviar as dores. Meu pescoço dói bastante na parte da frente.

    ResponderExcluir
  4. Meus pescoço tava mau kk obrigado

    ResponderExcluir

Olá... Obrigado por comentar em meu blog... se desejar, deixe seu e-mail para contato! Continue acompanhando o trabalho!