15 de fev de 2011

Exercício Perfeitos

Nas academias é comum ouvir perguntar sobre a existência de algum exercício ideal para determinados objetivos como: "Que exercício devo fazer para endurecer o bumbum?"; "Como faço para trabalhar o músculo do 'tchau!'?"; "Por que faço 1000 abdominais por dia e não perco a barriga?". Melhor quebrar logo o mito dos exercícios mágicos...
Sabemos que os movimentos que realizamos na academia trabalham determinados músculos especificamente, o que talvez muitos não saibam é que estes músculos não trabalham sozinhos. Quando fazemos, por exemplo, a elevação do calcanhar (flexão plantar), visando trabalhar a panturrilha (a batata da perna), involuntariamente acionamos outros músculos auxiliares neste movimento, colaborando para e parfeição e segurança na execução do gesto -os músculos da coxa, os glúteos, abdome e outros estabilizadores da coluna, por exemplo, estão ativados neste movimento).
Se eu tivesse de enquadrar o exercícios realmente perfeitos, eu escolheria justamente aqueles que trabalham grandes porções musculares simultaneamente. E estes estão presentes em todas as fichas de treino, em todas as fases do treinamento, sofrendo uma ou outra variação de execução. Veja:

SUPINO: para o desenvolvimento dos músculos peitorais maiores, mas que também envolve músculos como deltóide, serrátil anterior, coracobraquial e tríceps braquial. Há pesquisas que indicam que a sua variação em inclinação a 45º ativa mais fibras musculares.

PUXADA NA POLIA ALTA: trabalha principalmente o Grande Dorsal, mas diversos outros músculos das costas e ombros auxiliam no movimento, bem como o bíceps e braquirradial.

AGACHAMENTO: Se tem um exercício que trabalha a coxa como um todo... achou!

STIFF: Outro exercício bem completo, trablhando glúteos e parte posterior da coxa.

REMADA ALTA: Ombros e trapézio bem trabalhados é com este aqui!

Como vimos nos exemplos acima, com apenas 5 exercícios conseguiríamso trabalhar praticamente todo o corpo (seria esse o 'treino perfeito' em 30 minutos?), um abdominal e panturrilha podiam completar bem o resto...


Mas antes que saiam por aí para fazer eternamente estes poucos exercícios em 3 séries de 10, na próxima postagem vou tratar um pouco sobre a importância dos exercícios para pequenos grupos musculares com outros exercíciso e suas variações. Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá... Obrigado por comentar em meu blog... se desejar, deixe seu e-mail para contato! Continue acompanhando o trabalho!