2 de mar de 2012

Endomorfos: cheinhos sem traumas.

Existem pessoas que, por predisposição genética, apresentam um tipo físico nitidamente mais volumoso que o considerado normal e saudável em nossa sociedade. Porém, é interessante observar que pessoas com o tipo físico endomórfico, podem ser tão saudáveis quanto as demais, bastando apenas os cuidados essenciais.

É comum observar que essas pessoas apresentam preocupações como a de se esforçar bastante e não conseguir emagrecer. Outras parecem conformar-se e não se deixam levar pelos padrões estereotipados, um comportamento perigoso que pode trazer comorbidades a longo prazo.

Indivíduos endomórficos não são necessariamente gordos ou obesos, mas podem estar no limite para isso, sendo necessário se policiar, tomar cuidados especiais, porém sem traumas.

Boa parte dos "cheinhos" e "cheinhas" possuem um grande potencial a ser explorado para conseguir um corpo bonito e saudável, a ponto de atrair olhares na rua. Importante, contudo, estabelecer objetivos reais e alcançáveis, evitando frustrações e o cometimento de certas loucuras mais radicais. Alguém com o tipo físico da Geyse Arruda ou Preta Gil, não deve ter como objetivo o corpo da Sophie Charlotte ou Gisele Bündchen. São tipos físicos distintos.
 
Mais importante ainda é ter a certeza de que feio é ser desleixado! É possível identificar a olho nu, quem é obeso por doença, cheinho por natureza, ou gordo por desleixo... O corpo gordo por preguiça e maus hábitos, além de feio e nada saudável, pode transmitir socialmente a mensagem de alguém sem amor próprio, o que pode atrapalhar bastante o convívio social, mas isso é outra discussão.

Até mais amigos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá... Obrigado por comentar em meu blog... se desejar, deixe seu e-mail para contato! Continue acompanhando o trabalho!