17 de ago de 2011

Promover saúde para economizar

Diversos problemas envolvendo planos de saúde vêm ganhando os noticiários ultimamente, como os preços muito elevados e as dificuldades para aceitar idosos, ou pessoas com doenças preexistentes, os prazos de carência e as políticas de troca de plano, bem como a ameaça de greve dos médicos que reivindicam aumento no valor recebido por consulta. E como sempre, o usuário acaba por arcar com o ônus de tudo isso.


Com um sistema público de saúde tão ineficiente e os planos privados cada vez menos acessíveis. Parece-nos que o que nos resta é torcer para não necessitar ir ao médico... Sabemos que isso não é possível, mas numa linha de pensamento semelhante, podemos pensar em reduzir tais gastos se necessitarmos menos dos médicos.

A atividade física pode ser seu melhor plano de saúde! Como? Em postagens anteriores já tratamos aqui dos diversos benefícios á saúde conseguidos pela prática regular de exercícios físicos e uma cultura de hábitos de vida saudáveis (Clique aqui para relembrar alguns desses benefícios)

Sabendo de tantas vantagens está mais do que provado que os gastos com saúde podem ser sensivelmente reduzidos, utilizando-se da velha máxima: “melhor prevenir que remediar”. Algo que alguns governos já têm dado atenção, investindo progressivamente em programas de promoção de saúde através da atividade física. O governo Federal, pensando assim está implantando o programa Academia da Saúde (inspirado nos modelos existentes em alguns municípios do País, Recife, especificamente.). Há estudos sobre esses programas de atividade física que já apontaram para a possível economia de alguns milhões de reais se os investimentos na promoção e saúde fossem aumentados, reduzindo os gastos com tratamentos de doenças e seus agravos.

Na contramão do sistema atual, o profissional de educação física atua na promoção de saúde, de forma preventiva, visando evitar o aparecimento de doenças, ou reduzindo os prejuízos por elas causados. Com a massificação dessa concepção, num futuro próximo possamos talvez depender menos dos sistemas público e/ou privado de saúde. Ideal seria ir ao médico apenas para consultas e exames de rotina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá... Obrigado por comentar em meu blog... se desejar, deixe seu e-mail para contato! Continue acompanhando o trabalho!